img

Tiago Camilo

img
img

Ingressei no judô em 1987, com 5 anos de idade, na pequena cidade de Bastos, interior de São Paulo.

Minha cidade é conhecida por sua grande colônia japonesa, e meu professor Uichiro Umakakeba, também imigrante japonês, era uma referência no ensino de judô.

Após 2 anos de prática, tive minha primeira experiência competitiva e, a partir dali, não parei mais. Em 1996, ao assistir aos Jogos Olímpicos de Atlanta e ver atletas brasileiros conquistarem medalhas olímpicas, decidi que iria traçar o mesmo caminho.

Percebi que precisava sair da pequena cidade para me desenvolver como atleta e, buscando alçar voos maiores, me mudei para São Paulo, para fazer parte do “Projeto Futuro” (Programa do Governo do Estado de São Paulo), tendo minha família um papel fundamental nessa mudança.

Com muita determinação e focado em conquistar o mundo, vieram inúmeras conquistas, dentre as mais importantes a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Sidney, em 2000, e medalha de bronze nos Jogos Olímpicos de Pequim, em 2008.

Juntamente a todas essas conquistas, tive a certeza de que meu legado não poderia acabar no pódio; eu precisava retribuir para o Brasil as oportunidades que tive em toda minha vida esportiva e que, de fato, deveria ir além, além do dojô.

Conquistas

✓ Prata Jogos Olímpicos de Sydney 2000;
✓ Bronze Jogos Olímpicos de Pequim 2008;
✓ Campeão Mundial Juvenil, Júnior e Sênior;
✓ Bronze no Mundial por Equipes em 2005 e prata em 2011;
✓ Tricampeão dos Jogos Pan-Americanos 2007, 2011 e 2015;
✓ Pentacampeão pan-americano em 2005, 2007, 2014, 2015 e 2016;
✓ Campeão sul-americano em 2005;
✓ Octacampeão brasileiro e paulista;
✓ 25 vezes medalhista em Copas do Mundo/Grand Prix e Grand Slam.

Honrarias

✓ Melhor Atleta de Judô do Mundo em 2007;
✓ Medalha de Honra ao Mérito pelas Forças Armadas (2011 e 2015);
✓ Presidente da Comissão de Atletas do COB (2017 a 2021);

img